Olá Leitores do Blog da Boa Impressão 3D! Tudo bem com vocês? Alguma vez na sua vida você já construiu ou reformou algo na sua casa? Se não, esse texto pode ser um campo novo para você, mas se sim, com certeza você sabe que canteiro de obras não é brincadeira e dedica: profissionais qualificados, materiais de qualidade, muito tempo de evolução de obra, dinheiro e dor de cabeça. Por exemplo, pergunte para alguém que comprou um apartamento na planta e pagou a evolução de obra, assim, saberá o quão árduo é a construção de um prédio.

Mas onde queremos chegar? O parágrafo acima ilustrou como é difícil construir ou reformar, mas a impressão 3D vem para mudar isso. Sabe como? Recentemente, na China, um prédio impresso em 3D foi construído em míseros 45 dias! Incrível, não é? Saiba como a impressão pode mudar a construção civil abaixo.

A evolução da tecnologia permitirá um prédio impresso em muito menos tempo

Recentemente, mostramos para você como a evolução da impressão 3D abre campo para profissionais de diferentes mercados, incluindo arquitetura, urbanismo, engenharia, design de interiores, dentre muitos outros. Prova disso foi a impressão de uma casa completamente pronta em apenas 24h. Então por que não imaginar que um prédio será construído em menos de 45 dias?

O segredo da obra chinesa foi aliar a tecnologia 3D para imprimir peças prontas de forma escalável, para a obra evoluir rapidamente, além de profissionais atuando fortemente em tempo integral e planejamento estratégico.

No futuro, por exemplo, a parte “mecânica e manual” da obra ficará por conta da fundação e talvez lajes e telhados. Contudo, paredes, cômodos, divisões, tubulação, dentre outros detalhes poderão ser otimizados de forma simples e eficiente com a impressão 3D.

Por exemplo, imagine projetar no computador sua casa e começar a imprimir as peças pré-moldadas. Assim, seguindo um passo a passo você consegue modular sua casa rapidamente. Técnicas assim são implementadas na carpintaria (com peças de madeiras prontas), e também em brincadeiras de crianças, como os Legos. Simples e incrível, não é?

O prédio chinês, por exemplo, possui peças pré-moldadas que juntas formam uma área construída de 400 metros quadrados. Além disso, a tecnologia empregada na obra permite que o prédio impresso em 3D suporte terremotos de até 8.0 na escala Richter, sem ser destruído.

E aí, o que prefere? Uma casa tradicional ou construções moderna em 3D? Fique ligado aqui no nosso blog para mais novidades como essa!

Comentários